quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Manifesto Slow Blog, blogar lentamente

1

Blogar lentamente é a rejeição ao imediatismo. É uma afirmação de que nem tudo que vale a pena ler é escrito rapidamente, e que muitos pensamentos são servidos melhor depois de completamente assados e redigidos em temperatura constante.

2

Blogar lentamente é uma maneira de valorizar a matéria, como os pixels que dão formas às suas palavras são preciosos e raros. É uma predisposição a deixar os eventos presentes passarem sem comentar. É deliberado em seu ritmo, não quebrando o seu caminhar sem pressa por nada além da verdadeira emergência. E talvez nem mesmo então, pois a lentidão não é a velocidade da maioria das emergências, e lugares onde a amada e tranquilizadora velocidade governam o dia servirão melhor para nós nestas épocas.


3

Blogar lentamente é o oposto da desintegração das frases em apenas uma linha, que são freqüentemente a vida primitiva de nossas melhores idéias. É um processo em que a luz irradia do brilho dos pensamentos e então desanuvia para assumir seu lugar no pano de fundo como parte de algo maior. Slow Blogging não escreve pensamentos nos pergaminhos etéricos e eternos antes deles oferecerem um valor persistente na formação de nossas idéias ao longo do tempo.

4

Blogar lentamente é uma disposição de permanecer em silêncio em meio aos ultrajes e êxtases que preenchem nada mais do que um simples momento no tempo, na alternância entre banalidades, decepções esmagadoras e contentamento psicótico do fim do mundo no mero espaço entre as manchetes. Aquilo que você desejaria ter dito naquela hora na semana passada pode ser dito na próxima semana, mês ou ano, e você somente parecerá mais inteligente.

5

Blogar lentamente é uma resposta e uma rejeição ao Pagerank. Pagerank, a bela-fera monstruosa que se senta atrás de diversas cortinas dobradas do Google, decidindo a autoridade e relevância das suas buscas. Blogue cedo, blogue com freqüencia, e o Google vai te recompensar. Condicione seu eu criativo a uma freqüencia secreta, e descubra-se adorado pelo Google; você vai aparecer onde todos olham - nas primeiras páginas do resultado. Siga seu próprio ritmo e encontre suas obras nunca encontradas; recuse o Pagerank e seus favores e sua obra será jogada mas profundezas dos resultados indiferenciados. Sua idéia retorcida de bem comum fez do Pagerank um aterrador inimigo de seus iguais, estabelecendo um ritmo que proíbe a reflexão necessária para sair do dia-a-dia cotidiano em direção ao legado.

6

Blogar lentamente é o re-estabelecimento da máquina como agente da expressão humana, ao invés de seu chicote e de seu recipiente. É a suspensão voluntária da roda de hamster girando à velocidade da luz ditando as regras da blogagem altamente efetiva. É uma imposição de temporalidades assincrônas, onde nós não digitamos mais rápido para alcançar o computador, onde a velocidade de recuperação não necessita do mesmo passo do consumo, onde boas e más obras são criadas em seu devido tempo.


Qual o seu manifesto?

Fonte: Todd Sieling

Tradução para o português: Gabriel Dread, Irradiando Luz
Foto: Baia dos Porcos, Praia da Cacimba do Padre, Fernando de Noronha, por Gabriel Dread, Irradiando Luz
Dica de: Luz de Luma, yes party!

Artigos Relacionados



8 comentários

luzdeluma disse...

uhuuuuuuuuu!! Adorei!! Já adicionei na postagem e na sidebar do blogue!! Obrigada!! Beijus

Pedro F. disse...

Manifesto IndieNiilista, claro:

http://dezmilplatos.blogspot.com/2008/04/manifesto-indieniilista.html

pedjah disse...

Gabriel, um excelente texto. O melhor texto sobre blogs. Há muitas pessoas enchem seus blogs com várias coisas e sempre mais e mais. Achando que quantidade é qualidade. Muito bom também o que você falou sobre o Pagerank. O Pagerank é como se fosse o Grande Ego que o blogueiro fica obcecado e tenta cada vez mais estar entre os primeiros.

Parabéns.

Compulsivo disse...

Aderi sem saber que existia... ;-)

[]'s
@Compulsivo

Adelson (Gerenciando Blog) disse...

Olá, Gabriel!

Vim retribuir sua visita ao Gerenciando Blog.

Gostei muito do manifesto. Nossos blogs devem sempre ter o seu aspecto humano preservado. Afinal, ele é movido por pessoas e direcionado a pessoas. Não há como ser diferente.

Apenas tenho ressalvas com relação ao PageRank (e outros mecanismos de classificação de sites e blogs). Para mim, não é sua existência o erro. O erro está em buscar o aumento do PageRank como objetivo principal do blog. Ganhar PageRank deve ser conseqüência do trabalho bem feito, um reconhecimento pelo que fazemos. Visto assim, ele deixa de ser uma fera.

Um abraço!

Maria Elisa von Zuben Tassi disse...

Isso aí... Slow blog.. Também me perguntam quanto tempo eu me dedico no meu... deixo a coisa fluir.. o assunto chegar... no stress.

Anny disse...

Gabriel:
Slow blog, slow food..
Ah, temos pressa. Muita pressa...
Uma pressa que não nos deixa apreciar as pequenas coisas e as grandes, nem vemos.

Muito bom.
Adorei!
Anny

JAP disse...

Magnífico!

Postar um comentário

Não perca sua originalidade!
Manifeste-se!
Deixe aqui sua opinião, dúvida ou crítica...

Mas atenção:
Os comentários são moderados.
Isso significa que eles só aparecerão aqui após aprovação. Não censuramos opiniões. A moderação está ativa apenas para evitar spam.
Não é necessário re-enviar. AXÉ!



Arquivo do blog

#ad

| Irradiando Luz -alguns direitos reservados|
Real Time Web Analytics ^